Marilu Cabañas é Cidadã Paulistana

Publicação: 01/12/2021

Jornalista recebeu a honraria pelos trabalhos em defesa dos direitos humanos e meio ambiente.

Em sessão solene realizada no último dia 25, o vereador Eliseu Gabriel concedeu a Marilu Cabañas o Título de Cidadã Paulistana, a fim de reconhecer os trabalhos desenvolvidos por ela em defesa dos direitos humanos e meio ambiente. Devido às restrições impostas pela pandemia da covid-19, a cerimônia de entrega da honraria aconteceu em formato híbrido, com participações virtuais e presenciais, no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo. 

“Fico muito feliz por dar esse título à Marilu, que agora é nossa conterrânea. O papel do repórter é fundamental e a trajetória dela nos mostra o quanto é importante oferecer oportunidades às pessoas. Lamento apenas que não possamos contar com a emoção do público nessa entrega”, esclareceu Eliseu. 

Grande nome do jornalismo nacional, Marilu é natural de Santos e reúne diversos prêmios por sua atuação, sendo o Troféu Mulher Imprensa o mais recente. 

“Amo São Paulo, pois aqui eu construí toda minha carreira e passei boa parte da minha vida. É com muito carinho que recebo este título de cidadã e revisito minha própria história nessa cerimônia”, ratificou a jornalista.  

 

Depoimentos 

Presentes na ocasião, amigos e colegas da homenageada prestaram depoimentos sobre sua trajetória e conquistas. Dentre eles, a antropóloga Cynthia Sarti, neta da patroa que acolheu a mãe da jornalista desde sua chegada no Brasil e, posteriormente, toda sua família. “A maior razão para eu estar aqui são os afetos que não só me ligam à Marilu, mas também ligam nossas famílias. É em nome delas que cumprimento o vereador Eliseu Gabriel por tê-la indicado a esse merecido título e falo da imensa alegria de presenciar sua entrega”, agradeceu Cynthia. 

Para Elias Novellino, comunicador e ex-marido de Cabañas, a própria profissão foi reconhecida com a outorga. “Ninguém merece mais um título de cidadã dessa cidade que ela. A carreira da Marilu foi pautada pela luta a favor dos direitos humanos, sempre ao lado de quem não tem voz. Esse é o jornalismo premiado neste dia.” 

“Receber a notícia de que a Marilu seria homenageada foi realmente um grande alento, pois ela vai atrás de fazer a diferença na vida daqueles que são silenciados por uma sociedade fraturada como a nossa”, completou Tereza Lima, que trabalhou ao lado da jornalista em sua passagem pela TV Cultura. 

“Seu real interesse pelos problemas dos outros sempre me comoveu”, comentou Osvaldo Luiz Vita Colibri. Amigo e parceiro na Rádio Brasil Atual, onde Marilu atua há cerca de dez anos, ele ainda relembrou o momento em que a conheceu. “Foi uma sintonia fina desde a primeira conversa, percebi que estava diante de alguém com aquela inquietação que só grandes figuras do jornalismo têm.” 

De acordo com a jornalista Luci Molina, que teve o primeiro contato com Marilu no Grupo Bandeirantes, “ela realmente compra as matérias que faz e tenho imensa admiração por isso. Vivemos tempos em que a classe jornalística está desvalorizada, então quero parabenizar essa grande ideia do vereador. Ele nos faz ter um pouco de esperança no Brasil.” 

Dando sequência à fala, Eliseu ressaltou a relevância desses profissionais. “Apesar de todo o obscurantismo que vivemos, as ações dos jornalistas são uma luz e devemos ter isso como um norte para nossa sociedade”, disse. 

“O repórter é a alma do jornalismo e, se alguma coisa caracteriza a Marilu, é exatamente isso: uma repórter sagaz e atenta. Faltam pessoas assim nesta cidade e o Eliseu é um dos únicos a investir nisso”, declarou Sérgio Gomes, um dos fundadores da OBORÉ - Projetos Especiais em Comunicações e Artes. 

Representando José Paulo de Andrade, a viúva do consagrado jornalista, Nadir Andrade, fez questão de falar sobre o orgulho que sentia de Cabañas. “A carreira dela é brilhante e sua ascensão foi meteórica. Me sinto muito honrada por estar aqui e tenho certeza que meu marido ficaria muito feliz de ver sua pupila homenageada desta forma.” 

Presença virtual 

Durante a sessão solene, houve também a reprodução de vídeos enviados por amigos, familiares, admiradores e pessoas próximas à comunicadora, como o padre Júlio Lancellotti. 

“Marilu é um exemplo de busca da verdade, fidelidade e defesa dos que mais sofrem. Fazemos parte de uma mesma luta e um mesmo caminho. Incapacitado de estar presente nessa homenagem, gostaria de enviar meu carinho a ela”, destacou. 

Já segundo a ouvinte Dadinha, “falar de Marilu é falar de equilíbrio, competência e responsabilidade profissional. Conheço ela desde o início de sua carreira e me tornei fã de seu respeito pelo público.” 

“Agradeço demais a todos por prestarem essa homenagem, principalmente ao Eliseu Gabriel. Já o acompanho e admiro há muitos anos, pois se trata de um político honesto e faço questão de dar valor a isto”, encerrou Cabañas, que logo após abraçou os amigos pesentes. 

Assista, abaixo, a matéria produzida pela TV Câmara e a íntegra do evento.

 

 

Mídias Sociais

Fale com o Vereador

É o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo, eleito no ano de 2020 pela sexta vez.

Receba nossos informativos

Câmara Municipal de São Paulo

Viaduto Jacareí, 100 - 6° andar - São Paulo/SP

Cep: 01319-040

Telefone: (11) 3396-4403

E-mail: vereador@eliseugabriel.com.br

WhatsApp: (11) 94364-0123 (de 2ª a 6ª, das 10h às 19h)

 

Escritório Político

Av. Agenor Couto de Magalhães, 235

Cep: 05174-000

Telefone: (11) 3902-3543

 

Assessoria de Imprensa

Vivi Bueno

+55 11 3396-4403

vivibueno@saopaulo.sp.leg.br