Empreendedor de Pirituba recebe homenagem de Eliseu Gabriel

Publicação: 21/10/2019

“Homenagear quem é exemplo, quem tem, acima de tudo, qualidade como pessoa, como cidadão, quem torna a vida do outro melhor, quem colabora para o seu entorno. É por isso que estamos rerunidos nesta noite”. Foi com essas palavras que o vereador Eliseu Gabriel abriu a sessão solene em que concedeu a Durval Corrêa Lemos duas importantes condecorações da Cidade de São Paulo: a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão.

Após mais de seis décadas em plena atividade, Durval Corrêa Lemos, de 80 anos, foi homenageado em 21 de outubro, no Auditório Prestes Maia, na Câmara Municipal de São Paulo, pelo vereador Eliseu Gabriel. Na sessão solene, o parlamentar entregou a Medalha Anchieta e o Diploma de Gratidão da Cidade de São Paulo ao empresário, que iniciou sua carreira aos 13 anos como aprendiz de eletricista.

Compuseram a mesa, além do homenageado e Eliseu Gabriel, Alex Corrêa Lemos e André Corrêa Lemos (filhos de Durval), Aline Corrêa Lemos (neta) e Maria Isabel Vilela Lemos (esposa), com quem o empresário já é casado há 54 anos.

“Durval é um exemplo de pai, avô e empreendedor, sempre lutando e vencendo as dificuldades. Com uma caixinha de ferramentas trabalhou e criou uma empresa significativa em nossa região”, elogia Eliseu Gabriel. “É importante colocar luz e homenagear pessoas como o senhor Durval”, afirmou.

Durval Corrêa Lemos nasceu na Vila Leopoldina, na Zona Oeste, em 26 de fevereiro de 1938. Era filho do torneiro mecânico Oswaldo Corrêa Lemos e de Dona Helena Tassi Lemos. Começou a trabalhar aos 13 anos, em meados de 1951, na Auto Diesel Importadora após, na época, conseguir autorizações dos pais e de um juiz de direito. Após o fechamento da importadora, trabalhou em outra empresa até 1964 junto com Joaquim Gonçalves, seu antigo gerente. Com apenas 26 anos, Durval resolveu criar seu primeiro negócio. Investiu em reconstrução e remanufatura de componentes, onde ele viu rentabilidade e uma oportunidade de trabalhar em algo que agredisse menos o meio ambiente. Naquele tempo, pouco se falava em preocupação com as questões ambientais do país, mas ele foi além.

Ao empreender em seu novo negócio, Durval saia de seu antigo ofício apenas com uma maleta de ferramentas entre seus braços, alugou uma bancada dentro de uma oficina no centro de SP, na Praça Marechal Deodoro. Ali nascia a Lemos Peças e Serviços.

Durante seus primeiros anos de carreira, o homem investiu na reconstrução de motores de partida, geradores e seus componentes, e outras peças elétricas dos carros que existiam na época.

Em 1965, casou-se com Maria Isabel, com quem teve três filhos: Alan, Alex e André. Hoje, o trio dirige a Lemos Peças e Serviços.

Apesar de seu sucesso, o empreendedor não cansou de investir e passou a apostar na moda. Em 1977 criou a Modas Debelle, em Pirituba, na Zona Noroeste, onde mora atualmente. Em 2011, aos 73 anos de idade, também criou a Pimentel e Lemos Construtora e Incorporadora, onde ajudou famílias e realizarem seus sonhos da casa própria ao construir casas e sobrados de altíssima qualidade. Também construiu galpões comerciais e, durante sua vida, empregou centenas de pessoas direta e indiretamente.

Durval foi insistente em sua trajetória e, hoje, colhe os frutos de toda a sua luta e determinação. O empresário é um exemplo a ser seguido dentro e fora do universo dos negócios.

Felicidade e gratidão

“Fiquei muito feliz com a homenagem”, disse o empresário em entrevista à Folha Noroeste. Sobre sua trajetória na Vila Leopoldina e em Pirituba, ele fala das dificuldades que viveu. “No começo não foi fácil. Em 1945 eu era criança, vivemos uma dura ditadura durante o governo de Getúlio Vargas, enfrentei situações muito difíceis e conseguimos vencer”, contou. “Venci, graças a Deus, e cheguei aqui. Também pude ajudar muita gente”.

Aos falar dos netos, Durval mostra seu carinho e amor. “Tudo o que tenho e faço é para eles. Então, dou a maior força e apoio.”

“Fiquei emocionado e feliz ao vê-lo receber tal honraria após as dificuldades que ele viveu”, disse Alex, um dos filhos de Durval. “Nós [os filhos] vimos desde cedo o meu pai como um trabalhador. Ele fez todos estudarem e trabalharem. Dizia que ‘sem educação e sem estudo não se chega a lugar algum’. Para nós, ele é um exemplo de vida, de cidadão, ser humano, pai de família, avô e marido”, completou.

Aline, uma das netas de Durval, fala sobre ter crescido ao lado do patriarca. “Crescer com meu avô sempre foi um exemplo, um espelho, uma imagem a ser atingida. Ele sempre nos motivos com os estudos. Foi um segundo pai”, contou. A jovem também explica que, além do avô focado nas questões acadêmicas, Durval brincou e ensinou seus netos a se divertirem. “Ele sempre brincava com a gente e nos divertíamos. Sempre teve a questão da educação, mas também teve brincadeira. Foi a combinação perfeita para ser quem sou. Como empresário, ele teve uma história exemplar. Não pretendo ser empresária, mas quero seguir para o direito empresarial, e isso tem muito do meu avô. Quero regular e ajudar novos empresários a não passarem por perrengues que meu avô passou injustamente”, finalizou a estudante de direito da Universidade de São Paulo (USP).

Confira um pouco da homenagem na matéria produzida pela TV Câmara 

 

Mídias Sociais

Fale com o Vereador

É o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo, eleito neste ano de 2020 pela sexta vez. É, também, o Corregedor da Câmara.

Receba nossos informativos

Câmara Municipal de São Paulo

Viaduto Jacareí, 100 - 6° andar - São Paulo/SP

Cep: 01319-040

Telefone: (11) 3396-4000

 

Escritório Político

Av. Agenor Couto de Magalhães, 235

Cep: 05174-000

Telefone: (11) 3902-3543

 

Assessoria de Imprensa

Vivi Bueno

+55 11 3396-4403

vivibueno@saopaulo.sp.leg.br