Para salvar 1000 crianças por ano em São Paulo

Publicação: 02/07/2016

Lei do vereador Eliseu Gabriel possibilita diagnóstico precoce e tratamento a tempo

Foi sancionada! Agora o Teste do Coraçãozinho é Lei nº 16.527/2016, e é do vereador Eliseu Gabriel. A medida obriga a realização do exame de Oximetria de Pulso, popularmente conhecido como "Teste do Coraçãozinho", em todos os recém-nascidos nas maternidades do município de São Paulo. O teste mede os níveis de oxigênio no sangue do bebê e é capaz de detectar, após as primeiras 24 horas de vida e antes da alta hospitalar, qualquer problema grave de coração, possibilitando intervenção e tratamento imediato, salvando vidas. 

"Hoje, 28 mil crianças nascem com cardiopatia congênita no Brasil e cerca de 80% não recebem tratamento correto. Meu objetivo ao fazer essa lei foi o de justamente permitir a essas crianças um diagnóstico precoce, a possibilidade de tratamento a tempo e uma vida normal", justifica o vereador Eliseu Gabriel.

 

Oximetria de Pulso

 

O que é?
Trata-se de um teste que deve ser realizado no recém-nascido ainda na maternidade, após as primeiras 24 horas de vida e antes da alta hospitalar para rastreio de cardiopatias congênitas críticas. Consiste na medição da saturação (níveis de oxigênio no sangue) do bebê, através da utilização de um aparelho denominado “oxímetro”.

 

Como é feito o “Teste do coraçãozinho” ou “Teste de Oximetria de Pulso”?

A monitorização da oximetria de pulso utiliza uma fonte de luz e sensor (oxímetro ) para medir o oxigênio no sangue. Um sensor macio é enrolado à volta da mão direita (pré ductal) e posteriormente à volta do pé do bebê (pós ductal). A luz que passa através da pele mede a quantidade de oxigênio no sangue. O teste é rápido (3-5 minutos) e indolor.

 

Por que é importante verificar o nível de oxigênio?

O nível de saturação de oxigênio baixos (abaixo de 95% ou com uma diferença maior que 2% entre os membros superiores e inferiores) podem indicar a presença de uma malformação cardíaca.

Vereador Eliseu Gabriel com Márcia Adriana Rebordões, presidente da Associação de Apoio à Criança Cardiopata Pequenos Corações. Ela transformou a doença do filho em esperança para muitas famílias em todo o Brasil. 

 

Mídias Sociais

Fale com o Vereador

É o presidente da Comissão de Educação, Cultura e Esportes da Câmara Municipal de São Paulo, eleito neste ano de 2020 pela sexta vez. É, também, o Corregedor da Câmara.

Receba nossos informativos

Câmara Municipal de São Paulo

Viaduto Jacareí, 100 - 6° andar - São Paulo/SP

Cep: 01319-040

Telefone: (11) 3396-4000

 

Escritório Político

Av. Agenor Couto de Magalhães, 235

Cep: 05174-000

Telefone: (11) 3902-3543

 

Assessoria de Imprensa

Vivi Bueno

+55 11 3396-4403

vivibueno@saopaulo.sp.leg.br